NOVA PARCERIA COM LEGRAND

Parceria com Legrand

Estamos sempre em busca de qualidade, inovação, e melhores soluções para facilitar o seu dia a dia, por isso, realizamos a nova parceria com a Legrand.

Entre em contato com nossos consultores e conheça os produtos que temos para oferecer.

Ligue: (11) 4878-1001

Anúncios

BLACK FRIDAY É NA DEALER SHOP

18_11_16_post e whats_Black Friday

NÓS JÁ ESTAMOS PREPARADOS E VOCÊ?

Teremos Descontos diferenciados que praticaremos nestes 3 dias, afinal, 1 dia só é muito pouco para toda essa loucura de preços!

Entre em contato com nossos CONSULTORES e saiba mais: (11) 4878-1001

CONTE CONOSCO PARA REALIZAR SEU PROJETOS!

 

Comunicado Emendas Feriados - Novembro_post12 11 18

A maioria dos condomínios comerciais e residenciais aproveitam essas datas com emendas de feriados para concretizarem os projetos que estavam engavetados só esperando aquele momento com menor circulação de pessoas.

Sabendo disso, a DEALER SHOP trabalhará normalmente com toda a equipe disponível para lhe atender nos dias 16 e 19/11/2018, dessa forma, você poderá realizar os pedidos do materiais necessários com a segurança de que serão entregues, além da área de Pré-vendas que poderá lhe dar todo o suporte para que tudo saia como previsto.

Essa é mais uma ação da Dealer Shop para que você consiga alavancar suas vendas e projetos!

Entre em contato conosco. Nossos consultores estarão te aguardando.

Segurança em Condomínios também na palma da mão

ARTIGOS

shutterstock_1018377538

Com o passar dos anos, a tecnologia trouxe diversos benefícios à sociedade, em todos os âmbitos em que ela pode atuar: educação, saúde, lazer, e a segurança não está fora desta lista. O celular, que está na palma da mão de qualquer pessoa, é um bom exemplo de tecnologia que pode abranger todos esses requisitos, até mesmo na questão de ter um maior controle da portaria do seu prédio ou condomínio.

Já imaginou poder sair de casa e ainda ter acesso às informações sobre quem entra e sai do seu condomínio? Isto é extremamente vantajoso para, por exemplo, pais que saem de férias a dois e deixam os filhos, já crescidos, sozinhos em casa. Essa é apenas uma das principais vantagens da portaria remota. Quando os moradores optam por este modelo de portaria poderão instalar um aplicativo no celular onde ele consegue ver se o filho saiu com o veículo, que horas ele saiu e quando voltou, e o mesmo vale para o período de visitantes e prestadores de serviço. O aplicativo permite ter acesso às imagens do local e controle dos acessos.

Ou seja, ela permite que os moradores tenham acesso a estas informações, mas claro, eles não as controlam. Já existem diversos casos de crianças que liberaram a entrada de desconhecidos no condomínio, o que é um alerta de perigo. Quem libera o acesso ao prédio é a central da empresa contratada para o serviço. Além disso, a portaria remota possui outro grande benefício que é a biometria e é ela que mantem as informações de circulação do condomínio que ficam armazenadas na central.

O controle de acesso biométrico demanda um estudo prévio e simples do condomínio para definir quantos equipamentos serão necessários para dar o suporte ao local. Quando falamos em portaria remota, que utiliza da biometria ela é “salva” dentro de um sistema central, que permite o registro dos acessos de qualquer pessoa que tenha entrado ou saído do prédio, inclusive os horários em que isso ocorreu. Para o síndico, é um facilitador também na hora de verificar a entrada e a saída dos funcionários do condomínio e dos prestadores de serviço dos apartamentos ou casas.

Isso gera uma flexibilidade e mobilidade maior. É preciso entender também que, mesmo a portaria remota tendo um custo inicial mais alto que outros modelos de portaria, a eficiência em segurança é mais reforçada e a recuperação de custos chega a médio prazo. Uma prova de que as vantagens estão acima de valores é a porcentagem de aceitação da portaria remota que chega a 97% dos moradores de um condomínio.

Walter Uvo

Walter Uvo é especialista em tecnologia de segurança de condomínios da MinhaPortaria.com

 

Na Dealer Shop lhe oferecemos a melhor SOLUÇÃO, além de trabalharmos junto com sua empresa para fidelizar o cliente final!


Este artigo foi replicado do site
http://revistasegurancaeletronica.com.br/seguranca-em-condominios-tambem-na-palma-da-mao/

Segurança colaborativa e evolução tecnológica impulsionam medidas para tornar as cidades brasileiras menos violentas

shutterstock_659101348

 

Por Flávio Losano

Não é novidade para ninguém que a segurança pública é uma das principais preocupações dos brasileiros. Seja nas grandes ou nas pequenas cidades, o cidadão quer e exige soluções que tornem sua vida mais segura e tranquila. Embora os governantes busquem alternativas para conter a onda de violência urbana, a sensação de insegurança continua atormentando a todos – e estimulando que os próprios cidadãos desenvolvam técnicas para proteger suas comunidades e bairros.

Os dados sobre segurança no Brasil são preocupantes. Apenas em 2017, foram 63.880 mortes violentas e mais de 60 mil estupros no país, de acordo com dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2018. Mesmo com investimentos que somam de R$ 84,7 bilhões na área, praticamente R$ 408 por cidadão, a situação continua crítica. Com pouca eficácia, não surpreende que sete em cada dez brasileiros acreditam que a segurança pública piorou nos últimos anos, indica pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, encomendada pela Gazeta do Povo.

Cansada de esperar medidas práticas do poder público, a própria população resolveu se mexer par tentar reduzir os índices de criminalidade. O conceito de segurança colaborativa ganhou corpo nos últimos anos graças à evolução tecnológica e permitiu que as pessoas se unissem em prol deste objetivo comum. Por meio desta iniciativa, os moradores formam pequenos grupos que conseguem proteger grande parte ou até mesmo a totalidade das cidades.

A colaboração entre vizinhos não chega a ser novidade. A própria polícia tem recomendado que moradores de uma mesma rua conversem entre si e comuniquem quando algo extrapole a rotina da região. Contudo, a popularização das câmeras de vigilância fez com que muitas casas apostassem no vídeo monitoramento como forma de segurança – e essas imagens passaram a ser fundamentais para a solução de crimes. Com a presença das câmeras, as cidades identificaram um potencial enorme para melhorar a segurança pública como um todo. Projetos como o City Câmera, em São Paulo, são exemplos disso.

A mobilização de pessoas e a utilização de tecnologia permitem uma inclusão maior do cidadão no debate sobre sua cidade e disponibilizam mais dados e informações ao poder público – permitindo que novas medidas preventivas de combate ao crime sejam adotadas no futuro. Mesmo assim, há questões que precisam ser resolvidas. A participação da população precisa seguir regras claras, de forma que não resulte em mais custos para o contribuinte e prejudique ou interfira no direito à privacidade.

Nos últimos anos a revolução tecnológica remodelou a forma como as pessoas lidam com as questões que envolvem o seu dia a dia. Temas como economia compartilhada ganharam espaço na sociedade e os cidadãos entraram de vez no espaço público, pensando em alternativas práticas para problemas reais de suas comunidades. A segurança compartilhada é o exemplo real de como a união entre as pessoas realmente faz a diferença.

flavio-losano-269x300

Flávio Losano é gerente de Marketing da Tecvoz, empresa de tecnologia referência no mercado de Circuito Fechado de TV (CFTV). www.tecvoz.com.br/website

Esta matéria foi replicada do site www.revistasegurancaeletronica.com.br

CONGRESSO DE SEGURANÇA ELETRÔNICA

A DEALER SHOP PATROCINA ESSA IDEIA!

Revista Segurança Eletrônica

E-mail_logo